Investir na sua empresa - Conteúdo Conecta Agência de marketing
Daniel Banin

Daniel Banin

Daniel Banin é CEO da Conteúdo Conecta - Agência de Marketing. Empreendedor, apaixonado por marketing e especialista em estratégias para negócios PME.

Lembra quando você abriu a sua hamburgueria naquele pequeno bairro da cidade? Por dois anos a propaganda boca a boca, posts em redes sociais e panfletos distribuídos na rua, além da qualidade dos produtos e do atendimento, foram suficientes para ela se tornar muito conhecida.

Até que um belo dia, o negócio começou a ficar constantemente cheio e foi detectada a necessidade de um espaço maior e com mais funcionários. Mas, surgiram dúvidas sobre investir para crescer, como por exemplo, mudar de endereço para um espaço maior ou alugar a casa ao lado para expandir lugares e acomodar mais clientes, o que pode ser um “tiro no pé”, pois geralmente lugares cheios atraem mais pessoas, enquanto que espaços maiores e vazios afastam, pois, os clientes podem pensar que o lugar não deve ser tão bom.

Será que time que está ganhando não se mexe? Ou o comodismo de manter como está poderá custar caro mais para frente?

Já presenciou essa cena? Será que é o momento certo para investir e expandir a empresa?

Como saber se é o momento certo para investir na empresa?

Para saber se é o momento certo para investir na empresa, é necessário avaliar a concorrência e o diferencial dela, a saúde financeira, a possível expansão por meio de um plano de negócios, a porcentagem de crescimento das vendas, as despesas com colaboradores e infraestrutura, analisar se o nicho de atuação do empreendimento está aquecido, se ela comporta clientes no espaço atual, e se ela tem uma reserva financeira para emergência.

Esses são alguns fatores importantes para avaliar e analisar se é o momento certo para investir e expandir a empresa.

O empreendedor poderá utilizar a análise SWOT ou FOFA, que é fundamental para avaliar os ambientes interno e externo de uma empresa, e criar a base de informações necessárias para planejar o momento certo para a expansão dela.

O termo SWOT é um acrônimo para strengths, weaknesses, opportunities and threats que quando traduzimos para o português temos a sigla FOFA que significa forças, oportunidades, fraquezas e ameaças.

Os quadrantes da Matriz SWOT

S (strenghts ou forças)

Podemos observar as forças internas da empresa, que são suas vantagens com relação aos seus concorrentes. Algumas perguntas podem auxiliar:

  • O que a empresa faz muito bem?
  • Qual o diferencial com relação aos concorrentes?

Exemplo de forças: A hamburgueria fica em local aberto, tem música ao vivo e estacionamento gratuito e próprio.

W (weaknesses ou fraquezas)

Aqui temos as fraquezas da empresa, que são as desvantagens internas com relação aos concorrentes. Algumas perguntas podem auxiliar:

  • Quais atividades podemos melhorar?
  • Os colaboradores estão devidamente treinados?
  • Conhecemos a nossa concorrência?

Exemplo de fraquezas: A hamburgueria está sempre lotada e muitos clientes acabam reclamando que foram mal atendidos, pelo fato de não terem conseguido mesa ou pela demora da chegada do pedido.

O (opportunities ou oportunidades)

As oportunidades são as forças externas que auxiliam a empresa de forma positiva.

Não é possível ter um controle sobre essas forças, pois elas dependem do mercado – de uma forma macro – e do governo.

Mas, podemos ficar atentos para crescer a vantagem competitiva da empresa, e podemos fazer algumas perguntas:

  • Quais as oportunidades existentes no mercado?
  • Existe alguma redução temporária de impostos?

Exemplos de oportunidades:

  • Mercado: Pesquisas apontam que as pessoas estão procurando uma hamburgueria que ofereça tudo: bebidas e drinks exclusivos (que neste caso não é commoditie), música ao vivo, estacionamento grátis e que tenha uma excelente cozinha, com sanduíches diferenciados e famosos na região.
  • Governamental: O governo concederá Incentivo fiscal para qualquer estabelecimento que comercialize alimentos, desde que empreguem mais de 7 funcionários e disponibilizem acessibilidade para cadeirantes.

T (threats ou ameaças)

E as ameaças são as forças externas que influenciam a empresa de forma negativa.

É necessário tratá-las com muito cuidado, pois podem prejudicar os resultados da empresa.

E ficando atentos ao mercado, podemos fazer algumas perguntas:

  • A variação cambial pode tornar inviável a exportação de alguns insumos?
  • Algum grande concorrente entrando no mercado?

Exemplos de ameaças:

  • Muitas bebidas e alimentos da hamburgueria são importados e poderão afetar nos valores cobrados.
  • Uma hamburgueria com um grande espaço e reconhecida no mercado internacional está reformando um espaço na rua ao lado.

Como reconhecer que é a hora ideal para a empresa crescer?

O momento ideal para crescer é quando o empreendedor dispõe de pouco tempo para administrar, contrata mais pessoas, cria indicadores de gestão, define padrão para os processos e atendimento ao cliente, como detalhado a seguir:

  • Descentralização das atividades da empresa

O empreendedor não está conseguindo administrar os controles da organização por falta de tempo, a agenda está cheia e falta tempo para reunião com possíveis parceiros, como fornecedores e investidores.

Então, é sinal de que ele não consegue administrar a empresa sozinho, ele precisa delegar e descentralizar algumas atividades, e adotar uma gestão profissional.

  • Contratação de pessoas para novas áreas

Lembra quando a hamburgueria só tinha um funcionário para auxiliar nas vendas e na parte administrativa?

Agora foi necessário contratar mais pessoas e criar novas áreas na empresa, como recursos humanos, marketing, financeiro e compras.

  • Criação de indicadores de gestão

No início, o empreendedor consegue acompanhar os resultados da organização, pois basta um controle no livro de caixa ou em uma simples planilha para entender as entradas e saídas.

Mas, quando ela começa a crescer, é fundamental criar indicadores para não perder o controle e acompanhar a evolução do negócio.

  • Definição de padrão para os processos da empresa

Quando o número de serviços aumenta, é fundamental contratar mais funcionários, então é sinal de que os erros também poderão aumentar.

Sendo assim, é necessário padronizar os processos dela para facilitar o trabalho das pessoas, evitar retrabalho e erros.

 

  • Criação de padrão de atendimento ao cliente

Ela está crescendo e vendendo muito e tem poucos concorrentes. Mas, mesmo assim, o empreendedor não deve descuidar desse cenário.

É preciso melhorar e padronizar o atendimento ao cliente, a qualidade dos serviços e também o cuidado com os funcionários.

Conclusão

Para abrir uma empresa ou investir no seu crescimento é fundamental estudar e planejar para evitar retrabalhos e erros.

Jamais deixe de planejar uma nova empreitada sem usar a incrível análise SWOT, pois ela facilita muito na hora de enxergar o mercado interno e externo de atuação do seu negócio.

E aí, você está pronto para investir na sua empresa e vê-la crescer? Alguma consideração ao que foi trazido neste post? Deixe seu comentário! Queremos saber sua opinião. 

Deixe uma resposta

dezesseis − 5 =

Inscreva-se e receba nossas novidades

Receba uma Análise Gratuita!

Receba uma análise gratuita de suas Redes Sociais ou Website. Recomendaremos o melhor serviço para sua empresa.

LEIA TAMBÉM...

Fechar Menu