Marketing Digital para Pequenas empresas | Conteúdo Conecta Agência de Marketing
Daniel Banin

Daniel Banin

Daniel Banin é CEO da Conteúdo Conecta - Agência de Marketing. Empreendedor, apaixonado por marketing e especialista em estratégias para negócios.

Pequenos e médios negócios apresentam uma resistência gigantesca em investir em marketing digital. Isso se deve, na maioria dos casos, ao desconhecimento em relação ao potencial dessa estratégia, que já podemos considerar indispensável para quem pensa em alavancar vendas e viabilizar o futuro da própria empresa.

No post de hoje, vamos explicar em detalhes porque o marketing digital é, sim, uma solução para o seu negócio. E o mais importante: vamos lhe ajudar a dar os primeiros passos nesse novo mundo de possibilidades que se abre à sua empresa. Não deixe de conferir!

Presença digital é credibilidade

Em primeiro plano, devemos destacar a questão da credibilidade atrelada à presença digital. Empresas que ainda não exploraram as possibilidades do marketing digital, acabam se distanciando de seu público e deixam de trabalhar por uma imagem positiva no mercado em que atuam. Cai naquele ditado que diz que: “quem não é visto, não é lembrado”.

Tenha em vista que por diferentes canais de comunicação é possível apresentar as soluções de seu negócio e, ao mesmo tempo, criar uma narrativa que traga quais são os diferenciais de seus produtos e serviços em relação à concorrência.

Se você tem um comércio, não acredite que apenas ser conhecido no bairro ou ter uma fachada bonita e chamativa, irá mantê-lo vivo no futuro. Isso porque, muitas compras estão sendo feitas pela internet e não só isso, o comportamento das pessoas está mudando por conta do digital. Hoje em dia, os consumidores pesquisam muito mais sobre um produto, pesquisam preços, custo-benefício, entre outros quesitos que um concorrente do seu setor pode estar melhor posicionado digitalmente que o seu e nisso ganhar um cliente que era seu.

Entenda que ter uma presença digital, não requer grandes esforços, nem muito entendimento técnico, apenas é preciso se dedicar a entender quais os canais seu negócio deve estar cadastrado, como o Google Meu Negócio, por exemplo, é uma maneira simples e gratuita de avisar com informações básicas ao buscador Google sobre o seu negócio e quando alguém digitar, por exemplo, “casa de massas na Mooca” a sua empresa aparecer como uma das opções.

Outra grande oportunidade, quando se fala em disputar um ranqueamento na primeira página do Google, é ter um site bem feito, ou seja, otimizado para isso. Otimizar um site é cumprir os requisitos mínimos que buscadores exigem para apresentar o seu website como uma opção ao usuário que ali digitou um termo relacionado ao seu segmento. Muitos ainda desprezam o poder de um site, por conta de achar que somente estar em redes sociais já é uma forma de garantir uma boa presença digital. Quando se pensa assim, está ignorando o poder que o Google e consequentemente deixando de adquirir novos contatos vindos deste importante canal.

Ganho de competitividade

Até as pedras do caminho já sabem que sem uma estratégia de marketing digital você está deixando de concorrer por uma parcela importante do mercado. A depender do setor em que você atua, essa parcela pode representar quase que a totalidade do público.

E a medida que seus concorrentes se familiarizam cada vez mais com universo do marketing digital e começam a colher bons resultados, você ainda perde tempo em dúvida em traçar ou não sua própria estratégia. Fica pensando que irá acumular mais um “custo” e não enxerga que não se trata de um “gasto”, mas sim de um investimento, que trabalhará em prol de aumentar o faturamento para sua empresa. Não precisamos nem dizer que assim o nível de competitividade de seu negócio só tende a cair, não é mesmo?

Nesse sentido, também devemos destacar que o marketing digital possibilita que empresas de pequeno e médio porte possam disputar com “gigantes” do mercado em condições mais equiparadas, quando comparado a publicidade tradicional, como rádio, TV e impressos. Basta cotar o valor de anúncios em mídias impressas e outros veículos associados ao outbound marketing.

Segmentação de seu público

As estratégias ligadas à publicidade tradicional, embora carreguem uma noção de segmentação de público, não conduzem esse método com o mesmo rigor e eficácia que as estratégias de marketing digital. Em campanhas pagas via mecanismos de buscas como o Google, por exemplo, você poderá dirigir seu anúncio ou link patrocinado para quem, de fato, possa se interessar por suas soluções.

Os recortes vão desde regiões geográficas, passando por informações, como idade, gênero, preferências de consumo, entre muitos outros aspectos que levarão sua campanha a ser visualizada pelo público certo.

Primeiros passos de sua estratégia

Para que você entenda na prática como dar os primeiros passos em sua estratégia de marketing digital, organizamos neste tópico um pequeno guia sobre como estruturar campanhas pagas via Google Ads (antgo Adwords) e Social Ads (veiculação de anúncios em redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter, etc.).

Links patrocinados via Google Adwords

Em campanhas via Google Ads, a intenção é criar um link patrocinado com visibilidade direcionada ao público de seu negócio. Para isso, é muito importante se atentar para os parâmetros do anúncio, como horário preferencial para ir ao ar, duração, local, entre outras informações, entre as quais devemos destacar as palavras-chaves.

A palavra-chave correta associada à solução de sua empresa é o fator mais preponderante para o sucesso da campanha, pois é a partir do termo buscado que o link aparecerá em posição de destaque no buscador. Em meio a esse esforço, é importante monitorar com constância se os acessos estão acontecendo na proporção desejada, para, assim, corrigir possíveis inconsistências na forma como a campanha foi estruturada.

Em muitos casos, será preciso realizar várias campanhas em caráter de teste, na tentativa de observar qual arranjo é o mais interessante. Em princípio, isso pode parecer dinheiro jogado fora, mas a longo prazo você poderá perceber que é melhor maneira de se chegar a bons resultados, tendo em mãos leads qualificados e com chances de converter em vendas.

Aposte também em mídias sociais

As redes sociais, em especial o Facebook, concentram cada vez mais públicos de diferentes marcas. E como não poderia ser diferente, essas plataformas há tempos já vem monetizando campanhas que veiculam anúncios e links patrocinados de perfis pessoais e de empresas.

Com o Facebook Ads, a exemplo do Google Ads, é possível criar a sua campanha a partir de 10 tipos de anúncios com diferentes propósitos, sendo os principais deles voltados a reconhecimento da marca, engajamento do público e conversão em vendas.

Em se tratando de estruturação das campanhas, os princípios são basicamente os mesmos dos Google Ads. É preciso trabalhar com uma segmentação de seu público, sendo que quanto maiores forem as informações, melhores as chances de alcançar as pessoas certas.

Depois de conferir todas as informações de mais este post, temos certeza que você está preparado para começar a traçar sua própria estratégia de marketing digital e mudar a rotina de sua empresa. Como você deve ter percebido, não se trata de um esforço que envolve grandes dificuldades, embora seja necessário analisar com precisão todas as opções em aberto.

E aí, qual sua opinião sobre as possibilidades do marketing digital? Conte para a gente nos comentários!

Quer uma agência de marketing parceira que vai ajudar sua empresa a mudar o patamar e atingir resultados positivos? Vamos conversar, contate a gente clicando aqui.

Deixe uma resposta

3 × um =

Inscreva-se e receba nossas novidades

Receba uma Análise Gratuita!

Receba uma análise gratuita de suas Redes Sociais ou Website. Recomendaremos o melhor serviço para sua empresa.

LEIA TAMBÉM...

Fechar Menu