PARA QUE SERVE UX?

Você sabe para que serve UX (User Experience)? Neste post a gente te conta tudo o que você precisa saber sobre esse conceito.

Assine nossa newsletter e receba em primeira mão dicas e materiais que irão ajudar sua empresa a crescer.

Para que serve UX (User Experience)?

User Experience é um termo em inglês e sua tradução é “Experiência do usuário”. É um conceito que compreende toda a experiência que ele tem ao interagir com uma página na internet ou com um negócio físico. Mas, aqui daremos foco aos negócios virtuais!

O termo foi criado por Donald Normann, engenheiro eletricista que trabalhava como vice-presidente no grupo de pesquisa de tecnologias da Apple, no início da década de 90.

User Experience é um termo considerado bastante amplo e que compreende mais do que o design do produto e o seu desenvolvimento. Todas as etapas vivenciadas pelo cliente junto à marca são fundamentais no processo, desde o primeiro contato, até o pós consumo.

Quanto melhor for essa experiência, maiores são as chances de fidelização do cliente. A sua jornada precisa ser simples, dinâmica e intuitiva. Até mesmo as emoções sentidas precisam ser consideradas. Em resumo, ela deve ser útil e prazerosa.

Agora, vamos pensar… Será que você está entregando uma boa experiência ao seu cliente?

Por que melhorar a experiência do usuário?

Quando falamos em UX colocamos a perspectiva do usuário como parte central de todo o trabalho realizado. E é justamente nesse ponto que se aumentam as chances de aproximação com quem está utilizando de seus sistemas, produtos ou serviços.

Quando os clientes se sentem realmente bem e a experiência ocorre de forma natural e positiva, as chances de fidelização aumentam, eles retornam para realização de novas compras, se tornam receptivos a upgrades da marca,  fazem a propagação para seus conhecidos e ainda, contribuem para a melhoria dos produtos e serviços.

Resumindo, o UX pode ser a chave para o estabelecimento da sua marca na internet. Ele garante que a sua empresa ganhe reconhecimento de todos os públicos, gere credibilidade, aumento de confiança e claro, aumente também a sua produtividade. 

Principais vantagens

  • Maior conversão de vendas: se o seu cliente tem uma boa experiência antes de entrar no estágio de decisão, as chances de conversão de compra são maiores;
  • Fidelidade: Quando o cliente terminou a sua compra satisfeito e com boas sensações, na próxima necessidade de compra, a sua marca virá logo a mente dele. Deixar boas lembranças no seu consumidor, fazendo com que ele tenha uma boa experiência em todas as etapas de contato com a sua empresa, vai criar fidelização e isso ajuda não só a converter novas vendas como na indicação para outros potenciais clientes;
  • Economia de recursos: quando se analisa a experiência do usuário, se obtém informações para melhor planejar e evitar as chances de refazer o trabalho. Isso promove redução de custos e de tempo de dedicação dos funcionários envolvidos;
  • Aumento do valor percebido do produto ou serviço: quando a experiência de compra gera sensações muito positivas no cliente, o valor agregado do seu produto aumenta, pois consegue ir além do custo monetário, despertando emoções e sentimentos. Isso supera as expectativas do cliente e é o melhor que você pode proporcionar a ele a seu negócio.

O que compõe uma boa experiência?

São muitos fatores que podem compreender uma boa experiência do usuário, mas dentre eles podemos destacar:

  • Design: o design da página deve receber uma grande atenção, pois muitos clientes costumam julgar a qualidade de um site pelo seu design, é aquela primeira impressão que já deve ser positiva na experiência do seu usuário;
  • Usabilidade: a usabilidade é fundamental, a página precisa ser simples e intuitiva, isso possibilita que até mesmo aquelas pessoas que não estão tão familiarizadas com a internet, também consigam entendê-la;
  • Perfomance: quando o usuário encontra problemas durante a navegação, isso faz com que ele não retorne mais ao seu site, é por isso que a performance precisa ser impecável e todas as funções devem funcionar de maneira perfeita, com boa velocidade de carregamento, atendendo as expectativas de quem está navegando;
  • Marketing: ter uma boa noção de marketing digital é fundamental, isso vai permitir que você saiba exatamente onde colocar conteúdo publicitário, de forma que esse conteúdo não se torne excessivo, atrapalhando a experiência do usuário. Seu conteúdo de marketing deve ser usado a seu favor e não interferir negativamente no UX;
  • Relacionamento: estabelecer um relacionamento com seu usuário é fundamental. Para isso você pode utilizar pesquisas de satisfação, dar retorno aos feedbacks recebidos, responder a reclamações e críticas e dar toda a atenção necessária no momento em que o cliente tem alguma necessidade especial. Isso vai trazer credibilidade e aproximação.

Como aplicar UX em um site?

Para que o seu site ofereça uma boa experiência ao usuário é necessário realizar um bom planejamento, que vai desde os objetivos da sua marca, como ela vai atender as necessidades do cliente. E de que forma esse conceito pode ser aplicado na prática, no momento da navegação.

Com o site em funcionamento, é essencial a realização de monitoramento para observação do comportamento dos usuários, isso vai contribuir para saber quais são os pontos positivos e quais aspectos necessitam de reajustes.

É importante ressaltar que, User Experience não é apenas sobre design. Obviamente que, o design é um ponto importantíssimo do processo, porém, deve ser levado em consideração todo o conjunto de interações entre cliente e empresa, desde o primeiro contato até o recolhimento de feedbacks. 

Por onde começar?

O pontapé inicial desse processo é quando você se pergunta como pode melhorar a experiência do seu cliente. E isso não deve ser feito apenas no momento de incorporação desse método, mas sim, essa é uma pergunta constante que deve servir de gatilho para melhoria do seu desempenho no dia a dia.

Inicialmente, é fundamental a adoção de uma estratégia de trabalho que compreenda alguns pontos importantes como:

  • Você precisa ter bem definido quais são os valores da sua marca e de que forma ela deseja ser reconhecida O que ela deseja realmente oferecer para o cliente? Como quer comunicar isso? O branding da sua marca precisa estar alinhado com essas questões e elas estarão presentes em todos os processos;
  • Conhecimento de negócios é fundamental para se trabalhar com posicionamento no mercado, estratégias de preço, persuasão e métodos de venda;
  • Pesquisas para conhecimento dos seus usuários são imprescindíveis. Ter detalhado o perfil e as ideias da persona é a base de todo o desenvolvimento de UX;
  • Você deve sempre se perguntar como cada processo vai ficar na perspectiva do cliente. Para isso, é importante, testar e monitorar o comportamento dele, até atingir os resultados desejados. Esses resultados podem ser calculados através de métricas como taxas de acesso, o tempo de permanência na página, a conversão de vendas, a taxa de renovação, realização de pesquisa de satisfação, dentre outros métodos.

Se você quer se destacar na internet, precisa pensar em User Experience. A Conteúdo Conecta pode ajudar você a aplicar esse conceito e transformar o seu negócio digital. Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções.

Achou interessante?
Compartilhe com quem você acha que irá gostar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Continue Lendo!